terça-feira, 2 de setembro de 2008

Ô FuSqUiNhâ dâ PeDÔô...


O fusquinha da Pedô e muitos erros de português

Estavamos eu meu primo Bou e minha prima G.Lia indo pro sitio do tio Allan G.Lia estava dirigindo o fusca que lê havia furtado da Pedô. Pegamos a estrada rumo ao sitio quando começou uma terrível tempestade derrepente o celular de G.Lia toca,é a Pedô, querendo o numero da escolinha do tio Mauricy, para ir buscar seus netinhos no dia seguinte, G.Lia como é uma ótima filha, foi pegar seu caderninho o seu caderninho que estava no porta luvas, quando foi pegar levou o volante junto, pois o carro era muito velho, o que fez o carro sair da estrada e bater numa arvore, o celular de G.Lia voou longe.
Tivemos que seguir o caminho a pé, pois naquela tempestade não iríamos ficar naquele fusquinha que estava todo quebrado a meia noite, então seguimos pela estrada, para pedir ajuda, andamos por muito tempo até avistarmos um castelo no alto de uma montanha, quando G.Lia teve a brilhante idéia de ir até lá tocamos a campainha e a porta se abriu não vimos nada, mas quando olhamos para baixo vimos o mordomo era um anão ele tinha uma cara de buldog perguntei o nome dele ele respondeu Alfredo ele nos chamou para entrar , como estava a maior tempestade resolvemos entrar, lá dentro tinha alguns quadras, mas o que mais me chamou a atenção era de um velho estava escrito que o nome dele era Mrº Toshiro ele me lembrava muito a G.Lia, mas preferi não comentar, perguntei ao mordomo onde o velho estava o velho, ele disse que ele havia morrido. Alem deste quadro tinha fotos do Hitler muitas armas, então fiquei com medo, mas preferi passar a noite lá do mesmo jeito.
O mordomo nos apresentou ao dono da casa o SrºKate ele era um japonês preto, filho de um japa e de uma índia, a G.Lia logo se apaixonou, o mordomo nos levou aos nossos quartos cada um ficou em um quarto, como estava cansada resolvi ir logo dormir, derrepente escutei um barulho estranho parecia uma serra elétrica, então fui ao quarto de Bou ele não estava lá olhei pro chão e vi uma poça de sangue, fui no de G.Lia ela também tinha desaparecido, novamente ouvi o barulho e me escondi, de baixo da cama, quando o barulho passou resolvi me esconder atrás da porta e ouvi uma conversa parecia a voz da G.Lia e do Kate, que o plano deles tinha dado certo de nos trazer pro castelo.
Então entrei em pânico total, G.Lia era uma traira e o meu primo tinha desaparecido quando sai do quarto segui uma trilha de sangue ao chegar na sala encontrei a cabeça de anão e a do Bou sai correndo até a saída só que a G.Lia e Kate estavam me esperando , então quebrei a prateleira da parede e peguei arma e sai atirando neles, eles atiram e a G.Lia fez xixi na calça de tanto medo então sai correndo do castelo sem olhar pra trás.

2 comentários:

kaat' disse...

¬¬'

Touchdown disse...

Nem eu tive coragem de ler mais uma vez kaka